domingo, fevereiro 07, 2016

Oeiras Num Minuto 05 02

Oeiras Num Minuto 05 02



Todas as sextas-feiras o Oeiras Digital dá-lhe a conhecer o resumo das principais notícias que marcaram a semana 

Todas as sextas-feiras o Oeiras Digital dá-lhe a conhecer o resumo das principais notícias que marcaram a semana. 

As notícias desta semana: Investigação no Departamento de Habitação e Reabilitação Urbana da Câmara de Oeiras 

http://oeirasdigital.pt/?page=noticia_detalhe&categoria=sociedade&t=6F661F1D-1208-E957-F2D4-1B67D24BECA5 

Exposição “Aguarelistas de Portugal II” patente no Palácio dos Aciprestes 

http://oeirasdigital.pt/?page=noticia_detalhe&categoria=cultura&t=75C574A9-34B7-9747-2AA3-6329F04FE835 

Homem que matou filho de seis meses em Linda-a-Velha não falou em tribunal 

http://oeirasdigital.pt/?page=noticia_detalhe&categoria=sociedade&t=D81202AB-9BAF-9EEF-F10D-61CFB8C69EE8 

“Clássicos em Oeiras” com três concertos da OCCO em fevereiro http://oeirasdigital.pt/?page=noticia_detalhe&categoria=cultura&t=48B0A023-BDB3-451E-97A0-5024EDC7E06F Oeiras International School tem candidaturas abertas para bolsas de estudo http://oeirasdigital.pt/?page=noticia_detalhe&categoria=sociedade&t=A3D54223-B3F5-158F-CA3E-9471EF781534

domingo, janeiro 10, 2016

Três feridos em descarrilamento de comboio em Contenças, Mangualde


A primeira carruagem do comboio que fazia a ligação entre Mangualde e Guarda descarrilou junto ao apeadeiro de Contenças. O motivo terá sido uma barreira colocada junto à via que caiu

Dentro do comboio seguiam 12 pessoas. Para o apeadeiro de Contenças, Mangualde, seguiram 13 veículos dos bombeiros e 42 operacionais para assegurar as operações de socorro. O CDOS de Viseu adiantou ainda ao DN que havia três feridos, o que foi confirmado a Lusa pelo director do Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários (GISAF), Nelson Oliveira. Os feridos ligeiros são o revisor, o maquinista e um passageiro. 
O descarrilamento terá sido causado por uma barreira colocada junto à via, que caiu à linha férrea, em resultado do mau tempo que se faz hoje sentir, confirmou o director do GISAF. Elementos do gabinete já estão a caminho do local para se inteirarem da situação e verificarem se há motivos para a abertura de uma investigação.

Mau tempo impede remoção de baleia


Baleia deu à costa na praia da Parede. O animal tem cerca de dez metros de comprimento

Segundo a Política Marítima no local, está a ser estudado com a Protecção Civil a melhor forma de retirar o corpo da baleia, que durante a noite mudou de local. Com a maré cheia às 15h as autoridades têm esperança que o corpo volte a mudar de local para facilitar a remoção. Está a discutir-se a possibilidade do uso de gruas mas a forte agitação marítima e ventos fortes vão agravar-se, pelo que não há ainda solução para a remoção da carcaça. 
A baleia morta deu à costa na tarde de sábado na praia da Parede, em Cascais. Fonte da Polícia Marítima de Cascais explica que foram alertados para a situação a meio da tarde quando o corpo do animal "andava à deriva junto à linha de costa". 
Pela descrição dada pela polícia marítima ao Instituto da Conservação da Natureza deu para concluir que se trata de uma baleia-comum, ainda juvenil, com oito a dez metros de comprimento. 
O acontecimento chamou muitas pessoas à praia, durante a tarde, para ver a baleia, e muitos partilharam imagens nas redes sociais.